Os piores empregos do mundo » Sandro Penelú - Caneta Afiada » Infocultural
Sandro Penelú

Os piores empregos do mundo

19/07/2018

Segundo pesquisas realizadas em todo o planeta, alguns empregos são aceitos por falta mesmo de coisa melhor. Vejamos...

Colhedor de cocô de elefante: Sem comentários. (Cá, cá, cá, cá, cá!)

Limpador de janelas em arranha-céus: Fala sério!

Testador de desodorante: O funcionário tem que ficar cheirando sovacos o dia inteiro... Para com isso!

Limpador de telhado (na neve): A neve é escorregadia e aí o sujeito fica lá em cima, sem segurança nenhuma... Bata-me um abacate!

Limpador de cuecão de sumô (Cá, cá, cá, cá!): Acho melhor ser colhedor de cocô de elefantes...

Limpador de esgoto: Sem comentários...

Lavador de banheiro químico: Imagine o funcionário limpando todas elas depois de um festival, no qual compareceu milhares de pessoas, como o Rock in Rio, por exemplo...

Cheirador de peidos (Cá, cá, cá, cá, cá!): Um gastroenterologista dos EUA decidiu estudar a fundo o cheiro dos peidos, fazendo com que um grupo de pessoas comesse alimentos específicos criadores de gases, como ovos, feijão, cebola e repolho. Os voluntários soltam então puns em saquinhos e os estudiosos os cheiram e analisam o conteúdo. (Sai pra lá!)

*TROCARAM A FAMA PELO ANONIMATO – Veja abaixo uma pequena lista de mulheres famosas, que abriram mão da fama e foram viver longe dos holofotes:

Ana Paula Arósio: Há alguns anos, ela deixou para trás a fama e decidiu viver reclusa em um sítio no interior de São Paulo.

Lisandra Souto: A atriz parou de atuar depois de casar-se com o ex-jogador de vôlei, Tande. Na época, ela alegou que precisava se dedicar à família. Agora, está divorciada... Será que os planos mudaram?

Suzana Werner: Fez fama como modelo e atriz. De repente, o sumiço. Motivo: família...

Lidia Brondi: Depois do seu último trabalho na telinha, decidiu mudar a vida completamente, formou-se em psicologia e hoje ganha a vida nos consultórios.

Joana Prado: A Feiticeira, eternizada pelo extinto Programa H, virou evangélica após se casar com o lutador Vitor Belfort. Ela não só deixou as atividades pela família, mas também pela religião e se diz arrependida pelos dois ensaios nus que fez na época da fama.

 *A MARVADA DA PINGA - Cedo, a galera já começa a vida de “bebum”, sem saber que estão comprometendo seriamente o seu futuro. No mundo dos famosos, muitos artistas acabaram morrendo jovens, por conta do álcool. Vejamos alguns:

Champignon, da banda Charlie Brown Jr., foi encontrado morto em seu apartamento em São Paulo, com forte sinais de ingestão de álcool. Ele tinha 35 anos.

A cantora Amy Winehouse chocou o mundo com sua morte inesperada em 2011. Ela tinha problemas com drogas e morreu aos 27 anos, após ingerir uma grande quantidade de álcool. 

Sandro Penelú