Lideranças do bairro Feira X visitam Estação de Tratamento de Água de Feira de Santana » História » Notícias » Infocultural

Lideranças do bairro Feira X visitam Estação de Tratamento de Água de Feira de Santana

História - 31/08/2017

Lideranças do bairro Feira X, em Feira de Santana, tiveram a oportunidade de conhecer de perto como funciona o tratamento da água antes de chegar à torneira. Cerca de 30 pessoas da comunidade visitaram nesta quarta-feira (30) a Estação de Tratamento de Água de Feira de Santana, responsável pelo abastecimento de Feira de Santana, Conceição da Feira, São Gonçalo dos Campos, Santa Bárbara, Tanquinho e Santanópolis.

Durante a visita, os participantes conheceram todo o processo de tratamento da água que é captada no Lago Pedra do Cavalo e distribuída a mais de 800 mil pessoas em seis municípios.  A ação faz parte do Projeto Com + Água, uma iniciativa da Embasa que visa o gerenciamento de verdas no sistema de abastecimento de água e eficientização no uso de energia elétrica.

O agente comunitário de saúde Jailson da Rocha avaliou positivamente a visita. “Aprendemos como é o procedimento para tratamento da água até chegar às nossas torneiras e, com certeza, vamos atuar como multiplicadores dessas informações na comunidade”, disse.

 

Projeto Com + Água – Com o apoio técnico do Ministério das Cidades, por meio do Programa de Desenvolvimento do Setor Água (Interáguas), a Embasa está realizando do projeto Com + Água em Feira de Santana. A atuação se concentra no bairro Feira X, envolvendo ações operacionais, comerciais e de mobilização social para gerenciamento de perdas no sistema de abastecimento de água.

As informações deste documento e todos os demais a este anexado são confidenciais e legalmente protegidos, somente podendo ser usados pelo indivíduo ou entidade a quem foi endereçado e exclusivamente para os fins institucionais para os quais se propõem. A utilização, divulgação, disponibilização, ou qualquer forma de compartilhamento destas informações ficam restritas às pessoas para as quais foram endereçadas e exclusivamente para os fins institucionais para os quais foram produzidos sendo ilícita qualquer veiculação ou utilização fora destes parâmetros e sujeitando o responsável a sanções disciplinares administrativas e penalmente previstas, tais como disciplinadas pelos art 482 da CLT e art 154 do Código Penal.


The information contained in this document and all its attachments are confidential and legally protected, only for use by the intended recipient and exclusively for the institutional purposes for which it was made. The use, disclosure, release, or any form of sharing of this information is restricted to the receivers for which it was addressed and exclusively for institutional purposes for which they were produced, becoming illegal all forms of broadcasting or use outside these parameters and subjecting its responsible to administrative and disciplinary sanctions and criminal penalties, such as regulated by Article 482 of the Brazilian Labor code and by Article 154 of the Brazilian Criminal Code.

As informações deste documento e todos os demais a este anexado são confidenciais e legalmente protegidos, somente podendo ser usados pelo indivíduo ou entidade a quem foi endereçado e exclusivamente para os fins institucionais para os quais se propõem. A utilização, divulgação, disponibilização, ou qualquer forma de compartilhamento destas informações ficam restritas às pessoas para as quais foram endereçadas e exclusivamente para os fins institucionais para os quais foram produzidos sendo ilícita qualquer veiculação ou utilização fora destes parâmetros e sujeitando o responsável a sanções disciplinares administrativas e penalmente previstas, tais como disciplinadas pelos art 482 da CLT e art 154 do Código Penal.


The information contained in this document and all its attachments are confidential and legally protected, only for use by the intended recipient and exclusively for the institutional purposes for which it was made. The use, disclosure, release, or any form of sharing of this information is restricted to the receivers for which it was addressed and exclusively for institutional purposes for which they were produced, becoming illegal all forms of broadcasting or use outside these parameters and subjecting its responsible to administrative and disciplinary sanctions and criminal penalties, such as regulated by Article 482 of the Brazilian Labor code and by Article 154 of the Brazilian Criminal Code.

Assessoria de Comunicação da Embasa
© Todos os direitos reservados. 2014.
Email: infocultural@infocultural.com.br
Painel Administrativo