A sombra e outra metade » Poesia » Cultura » Infocultural

A sombra e outra metade

Poesia - 28/09/2018

a minha amada
tem um medo
que rima com amor.
a metade me acompanha
como uma sombra
e me assusta
a sua ausência.
então eu sofro na penumbra
compassivo e assustado.
a minha amada se contorce,
suas mãos projetadas
na parede do quarto.
o meu corpo jaz intocável,
carente da densidade.
o  medo tresanda na casa,
alcança as ruas
e a cidade demagógica
anuncia a vida na tela.
a  noite avança,
eu sonho sozinho.
um sonho que não é sofrido
mas falta o sonho dela.

hélio porto  

© Todos os direitos reservados. 2014.
Email: infocultural@infocultural.com.br
Painel Administrativo