Mutirão alcança 13 mil cirurgias e Rui estabelece nova meta à Sesab » Saúde » Notícias » Infocultural

Mutirão alcança 13 mil cirurgias e Rui estabelece nova meta à Sesab

Saúde - 22/11/2017

O Mutirão de cirurgias do Governo do Estado alcançou o número de 13 mil cirurgias realizadas nesta semana. A informação foi confirmada pelo governador Rui Costa durante o programa #PapoCorreria realizado nesta terça-feira (21). “Com a nossa política de regionalização da saúde, estamos levando mais conforto e um atendimento de qualidade à população do interior baiano”, afirma o governador.

A meta de realizar 13 mil cirurgias eletivas em toda a Bahia por meio do Mutirão de Cirurgias, serviço gratuito vinculado ao programa estadual Saúde sem Fronteiras, foi alcançada na terça-feira (21), na cidade de Guanambi. De acordo com a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), foram feitas 13.017 intervenções até esta data. Os dados contabilizados desde que o programa foi lançado, em setembro de 2016, apontam um total de 17.089 atendimentos de saúde em 405 municípios baianos.

Durante o programa, o governador Rui Costa estabeleceu a meta de realizar 15 mil cirurgias até o final do ano. De acordo com o governador, esse número será alcançado rapidamente. “Nós vamos ter aí dois grandes mutirões, um na Chapada Diamantina, com procedimentos pré-operatórios já na semana que vem e na semana do dia 15 de dezembro, com a inauguração do Hospital da Costa do Cacau, em Ilhéus, vamos fazer o mutirão de cirurgias durante toda a semana”, afirmou.

Cronograma de atendimento

O Mutirão de Cirurgia em Seabra será iniciado a partir da próxima terça-feira (28), com consultas e exames pré-operatórios. As cirurgias serão realizadas a partir do dia 3 de dezembro. Já em Ilhéus, o Mutirão se estende do dia 12 de dezembro, quando serão iniciadas as consultas e exames pré-operatórios até o dia 17, data das cirurgias. Esta semana, o programa atende o município de Iguaí e região.

 O Mutirão de Cirurgias, que atende pessoas encaminhadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para a realização de procedimento cirúrgico, tem o objetivo de auxiliar os municípios na redução da fila de espera de cirurgias eletivas, atendendo os pacientes com agilidade e cuidado. As cirurgias eletivas são aquelas com possibilidade de agendamento prévio, sem caráter de urgência ou emergência.

Ao longo do período de atendimento à população de uma região, o governo disponibiliza a equipe médica e toda a estrutura para os procedimentos, além do acompanhamento do paciente após a cirurgia. Os atendimentos médicos são realizados nos hospitais estaduais e nas unidades complementares de cada região do Estado. Isso possibilita ao paciente maior comodidade e evita grandes deslocamentos. As prefeituras são responsáveis por garantir o acesso dos pacientes às cidades onde serão realizados os procedimentos. São realizados cirurgias de hérnias (umbilical, inguinal, epigástrica), histerectomia e colecistectomia.

Secom.ba.gov.br>
© Todos os direitos reservados. 2014.
Email: infocultural@infocultural.com.br
Painel Administrativo