Níveis de isolamento seguem abaixo de 50 por cento em Feira de Santana » Saúde » Notícias » Infocultural

Níveis de isolamento seguem abaixo de 50 por cento em Feira de Santana

Saúde - 31/05/2020

Os níveis de isolamento social registrados nos últimos dias em Feira de Santana seguem abaixo do mínimo admitido pelo Ministério da Saúde. Na quinta, 28 e na sexta-feira, 29, os índices foram de 47,2% e 46,1%, respectivamente. Os números são apresentados através de uma ferramenta de medição disponibilizada pelo Governo Federal, através do Ministério do Planejamento e adotada pela Prefeitura Municipal.

Assim como nos demais dias, os números vêm indicando uma queda de adesão ao isolamento, desde o segundo dia que começou a ser contabilizado – o maior índice foi no domingo, 24 de maio, com 51,7%. A menor taxa foi a apresentada na última sexta, de 4.6,1%.

O índice considerado satisfatório pelo Ministério da Saúde é de 70%. Abaixo de 50%, o nível é visto como abaixo do mínimo admissível e, por isso, preocupante. O município ainda não conseguiu alcançar a taxa considerada satisfatória, mesmo como todas as recomendações do Governo Municipal e as ações de fechamento do comércio e força tarefa de combate a aglomerações.

Na sexta-feira, mesmo com o comércio fechado, foi possível identificar um grande número de pessoas nas ruas. O prefeito Colbert Martins Filho, pede para que as pessoas fiquem em casa. “Só saiam em caso de extrema necessidade. E se sair, tome todas as medidas de segurança, usando máscaras e utilizando o álcool em gel. Nos bairros, as pessoas devem se manter em suas casas também, evitando aglomerações”, aconselha.

O monitoramento tem sido feito nas grandes cidades brasileiras desde a adoção da campanha pelo isolamento social (fique em casa!) para evitar aglomerações durante o período de pandemia do coronavírus no país.

Atualização dos dados acontece sempre as 15h, mas a referência é ao movimento do dia anterior. Portanto, o nível de isolamento neste sábado, 28, será divulgado na tarde desta sexta.

A tecnologia é executada a partir de dados fornecidos pelas grandes operadoras de telefonia celular no país (Claro, TIM, Oi e Vivo). O serviço verifica a movimentação das pessoas e aglomerações através dos seus smartphones.

Secom/PMFS
© Todos os direitos reservados. 2014.
Email: infocultural@infocultural.com.br
Painel Administrativo