Mês da mulher terá ações preventivas contra câncer de útero na pauta da Fundação Hospitalar » Saúde » Notícias » Infocultural

Mês da mulher terá ações preventivas contra câncer de útero na pauta da Fundação Hospitalar

Saúde - 05/03/2018

Aliando o Dia Internacional da Mulher com o mês da conscientização e prevenção do câncer do colo de útero, a Fundação Hospitalar de Feira de Santana (FHFS) já definiu a programação especial das campanhas ‘Março Lilás’ e ‘Dia da Mulher’. 

A abertura do primeiro evento, com a temática “Mulher em Movimento”, programada para o dia 8 de março, no Centro Municipal de Prevenção ao Câncer Romilda Maltez (CMPC), unidade municipal com serviços especializados para o diagnóstico e acompanhamento do câncer, terá um café da manhã acompanhado de palestra ministrada por enfermeiros, psicólogos e assistentes sociais acerca da prevenção do câncer do colo de útero.

Durante a programação do Março Lilás, com encerramento programado para o dia 26, a população terá acesso a um mutirão para a realização de exame preventivo, o Papanicolau, principal exame ginecológico. O órgão gestor do CMPC garantiu a oferta para a realização de 60 triagens/dia, com possibilidade para até 100 procedimentos de acordo a demanda existente.

“Como há uma grande demanda, podemos estender para até 100 triagens diariamente. O que não queremos é que essas mulheres que procuram o CMPC na campanha fiquem sem realizar o preventivo”, pontua a gestora da Fundação Hospitalar, Gilberte Lucas.

O atendimento no CMPC será mediante distribuição de senhas e as fichas excedentes (que ultrapassaram o limite diário) serão automaticamente cadastradas e remarcadas para uma nova data, evitando que as pacientes fiquem na fila por muito tempo.

Março Lilás

A campanha ‘Março Lilás’ tem o intuito de informar e estimular a população feminina para a prevenção contra o câncer de colo uterino, alertando sobre os principais sinais e sintomas.

Este tipo de tumor figura como o terceiro mais frequente em incidência na população feminina, atrás somente dos cânceres de mama e do colorretal, quarta causa de morte de mulheres por câncer no Brasil.

Nos últimos três meses do ano passado foram detectados três casos positivos de câncer do colo de útero, e outro em fevereiro deste ano, no CMPC.

“Realizamos anualmente essa programação para que as pessoas se conscientizem e façam os exames, ajudando na prevenção”, afirma a coordenadora do CMCP, Kênia Lasse (foto).

Dia da Mulher no Hospital da Mulher

Já no Hospital Inácia Pinto dos Santos, o Hospital da Mulher, a programação, intitulada “Mulher: seu sorriso deixa tudo mais bonito”, no 8 de março - Dia Internacional da Mulher - será iniciada a partir das 8h30 com entrega de brindes por enfermeiras do Banco de Leite Humano (BLH) às puérperas (mulheres que acabaram de parir) atendidas no setor, bem homenagens às mães doadoras de leite.

Às 9h ocorre à apresentação do Projeto ‘Ronda Maria da Penha’ pelo Grupo de Comando da Polícia Militar do projeto Ronda Maria da Penha. Às 10h, a apresentação do projeto “Gerindo e Gerando Gentileza”, com a psicóloga organizacional Mila Leão (foto), tem como objetivo propagar a cordialidade, a empatia, o cuidado, a atenção consigo e com o outro. 

“A Ciência comprova que ser gentil ajuda à saúde e o convívio social, isso porque a gentileza esta? ligada ao gene que libera a dopamina, neurotransmissor que proporciona bem-estar. Então, as pessoas que praticam a gentileza e ajudam o próximo aumentam o seu grau de felicidade, tem mais saúde mental e bem-estar pessoal”, frisa a psicóloga organizacional.

Finalizando a programação do Dia da Mulher, às 11h, a fisioterapeuta Manu Andrade ministra a palestra “Sexualidade na gestação: o que pode?”.

© Todos os direitos reservados. 2014.
Email: infocultural@infocultural.com.br
Painel Administrativo