Simpósio de Biomedicina na FTC discute mercado de trabalho e inovações » Saúde » Notícias » Infocultural

Simpósio de Biomedicina na FTC discute mercado de trabalho e inovações

Saúde - 01/12/2017
Simpósio de Biomedicina na FTC discute mercado de trabalho e inovações Rui Costa aplaude conquista da população - Foto:Manu Dias.GOVBA

O biomédico no cenário nacional, empregabilidade e empreendedorismo. Estes foram os principais temas debatidos nos últimos quatro dias no I Simpósio Acadêmico de Biomedicina, realizado na FTC Feira de Santana. No período de 27 a 30 de novembro, o evento mostrou os múltiplos olhares sobre a profissão que desafia a crise e se firma cada vez mais no mercado de trabalho. Paralelamente aconteceu o I Wosrshop de Biomedicina Estética.
As vivências de profissionais que já atuam na área foram desatacadas pela estudante Maiana Soares, que cursa o 6º semestre, como estímulo para a formação na área. “Também foi bastante proveitosa a discussão sobre empregabilidade, porque nos mostrou a realidade do mercado”, comentou a aluna, que participou ainda do workshop e do minicurso sobre Citopatologia. Já Vitória Menezes, também do 6º semestre, considerou os minicursos o ponto alto do simpósio.
Entre minicursos, palestras, workshop e mesas redondas, foram 30 horas de atividades. Para o coordenador do curso, professor Pedro Carneiro, o ponto alto da programação foi a participação de profissionais capacitados para falar de práticas já consolidadas no mercado, bem como de técnicas novas na Biomedicina. “Percebemos a motivação dos estudantes por conta disso”, atestou, citando como exemplo a área de estética, que pode ser considerada uma inovação.
“Todo mundo se cuida, quer e precisa se mostrar bem ao mercado de trabalho”, simplificou o coordenador, lembrando que o curso tem 8 semestres e a nova matriz curricular tem algumas disciplinas que várias outras instituições não trazem. “O Biomédico já pode sair habilitado em Biomedicina Estética, por exemplo”, citou, atestando que por conta das múltiplas áreas de atuação, apesar da crise que atinge o mercado o biomédico consegue uma boa inserção no mercado.
A professora Ivaneide Teixeira, por sua vez, destacou a atuação humanista do biomédico na área de análise clínica, por abranger questões sociais diretamente relacionadas ao atendimento ao paciente. Sobre a multiplicidade de segmentos, ela citou a Biomedicina Estética, antes restrita ao público feminino e que hoje o homem também busca. “Tanto se profissionalizando na área, como buscando o serviço”, afirmou, ressaltando que “antigamente era só mulher que buscava salão de beleza”.
A programação do simpósio incluiu ainda debates sobre técnicas de rejuvenescimento, medicina tradicional chinesa, diagnóstico laboratorial das anemias, avanços científicos nas pesquisas sobre o Zyca vírus, perícia criminal, atendimento laboratorial e técnicas de reprodução humana assistida, dentre outros. Nos dias 28 e 29 aconteceram nove minicursos sobre temáticas variadas, a exemplo de citopatologia, primeiros socorros e parasitologia, todos de caráter prático.

Secom.ba.gov.br
© Todos os direitos reservados. 2014.
Email: infocultural@infocultural.com.br
Painel Administrativo