Luizinho Sobral vai a Jaguarari e presta solidariedade a radialista ameaçado de morte » Política » Notícias » Infocultural

Luizinho Sobral vai a Jaguarari e presta solidariedade a radialista ameaçado de morte

Política - 14/06/2011

O deputado estadual Luizinho Sobral (PTN) esteve hoje, 13, em Jaguarari, acompanhado do deputado coronel Gilberto Santana (PTN) prestando solidariedade ao radialista Everton Rocha, da Rádio Liderança FM, ameaçado de morte por divergências com lideranças políticas locais. Everton estava afastado da rádio há quase um mês e hoje, acompanhado de Luizinho Sobral, retomou o Jornal do Meio Dia.

Há cerca de um mês, o presidente da Câmara de Vereadores local Lourival Almeida Sandes, o Louri da Barrinha invadiu a rádio e agrediu Everton Rocha, que estava tecendo críticas a administração local em conluio com alguns vereadores da base governista. A agressão ocorreu com o programa Jornal do Meio Dia no ar e chocou moradores de Jaguarari e região de Senhor do Bonfim

“Foram cenas que atentam contra a Liberdade de Imprensa e contra a própria Democracia, e que teve como autor, agentes públicos no município de Jaguarari”. O radialista Everton Carvalho Rocha, em pleno exercício de suas atividades profissionais, questionava, durante a programação da Rádio Liderança FM, a necessidade de uma reunião oficial da Câmara de Vereadores de Jaguarari estar sendo realizada fora da sede do município, longe da apreciação dos munícipes.

O presidente da Câmara de Vereadores de Jaguarari, Lourival Almeida Sandes, o Louri da Barrinha, ouviu o programa e ligou para a Rádio Liderança FM e, no ar, fez ameaças contra o radialista Everton Rocha. Não satisfeito, com o programa ainda no ar, invadiu a emissora e passou a agredir o radialista e causar prejuízos materiais a emissora.

Ontem, durante a volta de Everton Rocha, também entraram em contato com a rádio os deputados estaduais Carlos Geilson (PTN), Tom Araújo (DEM) e Adolfo Viana (PSDB), os vereadores de Salvador Carlos Muniz e Geraldo Junior, ambos do PTN e o radialista Uziel Bueno. Todos deram as boas vindas ao radialista e repudiaram as agressões praticadas contra ele.

Essa não é a primeira agressão contra a emissora de Jaguarari. Há informações de que o prédio da rádio foi alvo de atentados criminosos no dia 29 de abril, como consta no termo de declaração da 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Senhor do Bonfim. Os invasores teriam serrado os cadeados dos portões e incendiado a sala dos transmissores. Eles ainda teriam arrancado 84 parafusos da base de sustentação da torre de transmissão.

Anteriormente, outros quatro atentados foram perpetrados contra a emissora. Outras ameaças de morte já foram feitas anteriormente contra o radialista. O caso já foi denunciado ao secretário estadual da Segurança Pública (SSP), Maurício Teles Barbosa, pelo radialista Everton Carvalho Rocha, que solicitou providências junto às Polícias Civil e Militar do município para que garantam a integridade física dele, de sua família e dos funcionários.

Os deputados coronel Gilberto Santana e Luizinho Sobral também estiveram com o coronel Salgado, responsável pelo comando da PM regional que se comprometeu em dar segurança ao radialista. Além disso, o radialista analisa uma denúncia crime a ser apresentada ao delegado local para que o Ministério Público seja acionado e represente contra os agressores.

“Não podemos permitir que cenas como esta ainda ocorram na Bahia, pois são fatos que atentam contra a liberdade de imprensa e contra a própria democracia e que já deveriam estar banidos da vida política nacional”, concluiu Luizinho Sobral.

Aloísio Araujo - Assessoria de Imprensa
© Todos os direitos reservados. 2014.
Email: infocultural@infocultural.com.br
Painel Administrativo