Ampliação do Hospital Geral Clériston Andrade está na segunda fase e ainda vai receber mais R$ 30 milhões em investimentos » Política » Notícias » Infocultural

Ampliação do Hospital Geral Clériston Andrade está na segunda fase e ainda vai receber mais R$ 30 milhões em investimentos

Política - 24/08/2020
Mais de um milhão de baianos, moradores de 127 municípios contam com o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), em Feira de Santana, para atendimentos pelo Sistema Único de Saúde. Dividido em dois pavimentos, o equipamento oferece desde a emergência até o atendimento em todas as especialidades de alta complexidade, incluindo cirurgias angiológicas e neurocirurgias. O prédio antigo conta com 300 leitos, enquanto o novo, chamado de Hospital Geral Cleriston Andrade 2 (HGCA2), inaugurado no último dia 15 de julho pelo governador Rui Costa e pelo secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas, oferece mais 60 leitos, sendo 40 de UTI e 20 clínicos. Ainda serão investidos mais R$ 30 milhões na segunda fase de ampliação da unidade.

Juntos, os dois núcleos formam o maior complexo hospitalar do interior da Bahia, recebendo mais de nove mil pacientes por mês. Pelo HGCE2, que por enquanto está atuando apenas no combate ao coronavírus, já passaram 133 pacientes, desde a inauguração em julho até esta quarta-feira (19).  Instalado em uma área de 25 mil metros quadrados, o HGCA 2 contou com um investimento de R$ 60 milhões. O secretário Fábio Vilas-Boas destaca que a ampliação do HGCA continua. “Agora nós estamos dando início à licitação da segunda fase de ampliação do Clériston Andrade, para a construção de novas enfermarias, novas áreas de apoio, uma nova cozinha, um novo centro cirúrgico, investimentos que vão demandar mais de um ano de obras e mais de R$ 30 milhões”.

 O coordenador das UTIs do complexo, Lúcio Couto, afirma que “o investimento mudou a realidade da região, porque nós saímos de uma situação inicial de 28 leitos, sendo que 10 deles eram para pacientes infectados pelo novo coronavírus e 18 para outros pacientes, e recebemos mais 40 leitos para pacientes com Covid-19”. Para Couto, os novos leitos oferecem os equipamentos mais importantes para os casos graves de Covid-19: a terapia intensiva de qualidade. “A diferença é grande porque esses pacientes não estão ficando sem leitos. Todos os pedidos que estão chegando para o Clériston Andrade pela central de regulação estão sendo atendidos”. Ele informa que o ingresso na unidade é exclusivamente através da regulação.

Primeiro tomógrafo do Brasil com inteligência artificial

O primeiro tomógrafo do Brasil com inteligência artificial na captura de imagens e reduzido índice de radiação foi instalado no Hospital Geral Clériston Andrade 2 (HGCA 2), em Feira de Santana, e atenderá apenas pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Ele compõe parte do moderníssimo parque de imagem do HGCA 2, que possui ainda um tomógrafo de 16 canais, três aparelhos de ultrassonografia, dois raio-X com digitalizadora de imagem e, em breve, uma ressonância magnética.

De acordo com o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, o investimento é superior a R$ 11 milhões apenas em equipamentos. “O governador Rui Costa escolheu Feira de Santana para instalar o único tomógrafo do país com inteligência artificial e capacidade de aprendizado profundo, chamado de Deep Learning Reconstruction. O equipamento possibilita aquisições de imagens em apenas 0,23 segundos com até 160 cortes simultâneos, além de capacidade de reconstrução interativa com até 70 imagens por segundo”, explica o secretário.

Nova Emergência

A nova Emergência do hospital, reinaugurada em julho de 2018, após passar por uma reforma e ampliação, aumentou a capacidade em aproximadamente 50% e já atendeu 43.566 pacientes, entre a reabertura e esta quarta-feira (19). Foram investidos na obra cerca de R$ 10 milhões em uma área ocupada de 2.300m². No local, os baianos contam com uma sala para procedimentos invasivos, sete leitos de emergência para adultos, sala de estabilização com 16 leitos, sala de sutura e curativo, sete salas de exames diferenciados, ortopedia e pediatria. Conta ainda com quarto de isolamento adulto, uma sala coletiva de observação adulto com 35 leitos, uma sala de ortotrauma com 16 leitos, e dois postos de enfermagem.

O diretor-geral do HGCA, José Carlos Pitangueira, fala dos investimentos feitos na unidade nos últimos dois anos, especialmente na reforma da Emergência, que recebeu recursos da ordem de R$ 10 milhões. “As obras realizadas pelo Governo do Estado eram esperadas por mais de 20 anos. A nova Emergência do Clériston Andrade parece a de um hospital particular. Isso proporciona uma melhoria para os profissionais da saúde e para os pacientes, que são atendidos com respeito e dignidade. Nós temos a sala vermelha, é uma verdadeira UTI com 16 leitos, nós temos o centro cirúrgico, o Ortotrauma, a sala de perfusão, que salva a vida de pacientes cardíacos e vítimas de AVC”, comentou.
Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia
© Todos os direitos reservados. 2014.
Email: infocultural@infocultural.com.br
Painel Administrativo