Temer tirou 85% do dinheiro do Museu Nacional e deu em incêndio » Política » Notícias » Infocultural

Temer tirou 85% do dinheiro do Museu Nacional e deu em incêndio

Política - 03/09/2018

Algumas pessoas que não acompanham a realidade, como personagens das cavernas que só vêem sombras, como descrito por Sócrates a Drauco, já acorreram como papagaios às redes sociais para colocar a culpa pelo incêndio no Museu Nacional da UFRJ na Quinta da Boa vista, no Rio de Janeiro, em Dilma Rousseff, que deixou o governo há mais de dois anos.

Parece que acham que o povo é idiota e não sabe que Michel Temer diminuiu desonestamente o dinheiro da cultura, das artes e da ciência e tecnologia no pais, quando aprovou a famigerada PEC 95, do teto dos gastos. Querem fazer política com a fantasia e com a crença de que ainda vão conseguir colocar alguma culpa pelos desastres atuais nos governos petistas, exatamente num momento que parece que querem esconder o "vampirão". O que algumas pessoas deveriam fazer quando se propõem a ocupar as redes sociais para dizer absurdos dessa natureza seria pelos menos ler jornais.

O incêndio do Museu Nacional não passa de nada mais nada menos do que ser resultado da política proposta a partir da aprovação da Emenda Constitucional 95, proposta por Michel Teme e Henrique Meirelles, que interrompe os investimentos nas áreas sociais, dentre elas, educação, ciência e tecnologia por 20 anos, que com isso perde a academia, perde a ciência, perde a memória, perde a educação, perde a cultura, perde o Brasil.

Não foi acidente, foi por causa do corte de verbas para o Museu Nacional, que foi da ordem de 85% agora em 2018. Trata-se da aplicação de um projeto político! Deveriam respeitar pelo menos a inteligência dos brasileiros e deixarem de ser resistentes à raciocínio! (Facebook: Vozes de Feira)

Genaldo de Melo
© Todos os direitos reservados. 2014.
Email: infocultural@infocultural.com.br
Painel Administrativo