Novas melhorias para professores em análise » Educação » Notícias » Infocultural

Novas melhorias para professores em análise

Educação - 22/08/2011

A Prefeitura de Feira de Santana, através das secretarias municipais da Fazenda e Educação, vai verificar o impacto do reajuste salarial de até 10% na folha de pagamento para os professores da rede municipal de ensino, além da gratificação por curso. Como o reajuste de 5,9% não foi aceito, o Governo Municipal sugeriu o aumento de 8%, sendo 4% no próximo mês e o restante em maio de 2012, ou de 10% por regência de classe.

O único ponto que estaria pendente na pauta de solicitações da categoria, conforme o chefe de gabinete do prefeito Tarcízio Pimenta, Milton Britto, é a proposta de gratificação por curso. “Para cursos de formação mínima de 80 horas eles sugerem um aumento de 5%, de 120 horas 10% e para cursos de 240 horas um aumento de 15%”, informa.

As solicitações foram discutidas entre dirigentes da APLB Sindicato e o chefe de gabinete do prefeito, na manhã desta segunda-feira (22), no Paço Municipal Maria Quitéria. Segundo Britto, é importante rever as propostas mantendo contato com a Secretaria Municipal da Fazenda para compatibilizar o que pode ser feito.

“Os primeiros estudos já foram feitos e se encontram com o secretário municipal de Educação, José Raimundo de Azevedo. Agendamos uma audiência entre a categoria e o prefeito para esta semana, para que eles acabem com a greve, pois os maiores prejudicados são os alunos”, declara Britto.

Recentemente o Governo Municipal criou as mudanças de referência G e H para mestrado e doutorado, aumento de função e gratificação para diretor e vice-diretor. Além disso, foram concedidas 258 mudanças de referência para os docentes no mês passado.

Secom/PMFS
© Todos os direitos reservados. 2014.
Email: infocultural@infocultural.com.br
Painel Administrativo