Crise política e pandemia no Brasil são debatidas em aula magna da Uefs » Educação » Notícias » Infocultural

Crise política e pandemia no Brasil são debatidas em aula magna da Uefs

Educação - 18/08/2021

"Ao mesmo tempo que estamos num momento de exceção provocado pela pandemia, nós também vivemos um momento de exceção causado pelo avanço do autoritarismo no Brasil". Assim, Pedro Rodrigues Curi Hallal abriu a discussão sobre "O papel das universidades e da ciência em tempos de autoritarismo e negacionismo", na aula magna realizada nesta terça-feira (17), que marcou o início do semestre letivo 2021.2 da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs).

 

"Precisamos estar atentos e combativos", defendeu o reitor da Uefs, Evandro do Nascimento, na abertura do evento. Segundo ele, "no nosso momento histórico, a universidade pública vive um desafio muito grande diante da pandemia que estamos enfrentando; de uma realidade política nos últimos anos no Brasil de avanços de ideias ultraconservadoras; de manifestação de ódio, intolerância, preconceito, discriminação; da retirada de direitos da nossa população; e o recrudescimento de ideias que dão um sinal de que a sociedade precisa defender a democracia e de que não podemos correr o risco de voltarmos ao autoritarismo". Nascimento enfatiza, chamando atenção aos "riscos que se abaterá às universidades públicas", em decorrência do negacionismo à ciência no país. Ainda assim, vê possíveis horizontes. "Juntos, com muita união e construção coletiva, podemos perpassar esse período adverso, e sairmos com uma universidade mais fortalecida", finalizou o reitor da Uefs.

 

O palestrante convidado Pedro Hallal destacou os desafios das universidades públicas e instituições de pesquisa em meio aos sucessivos cortes de investimentos em Educação e Saúde, que impactam também os setores de Ciência e Tecnologia no país, a exemplo dos efeitos catastróficos da aprovação e vigência da Emenda Constitucional n°. 29, que criou, desde 2017, um teto orçamentário máximo para essas pastas, fixado em até vinte anos. Mas reiterou que são as instituições de educação e de pesquisa e o Sistema Único de Saúde (SUS) que estão ancorando a população brasileira nesse momento da pandemia da Covid-19.

 

Falando diretamente aos discentes, o pesquisador comentou sobre quadros clínicos de pessoas que tiveram a Covid-19 e ainda se recuperam das sequelas causadas pela doença, apontando a formação contínua das universidades a partir desses casos.   

 

"Vocês vão lidar muito, durante a formação e na atuação profissional [em] pós-formação inicial, com as sequelas da Covid-19", ratificou. Destacando o papel fundamental do Centro de Reabilitação pós-Covid da Uefs, inaugurado no início deste mês, mas ampliando seu diálogo aos estudantes e profissionais das mais diversas áreas do conhecimento e de intervenção científica e institucional, frisou.

 

Doutor em Epidemiologia pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Hallal é coordenador do maior estudo epidemiológico sobre coronavírus no Brasil, o EPICOVID-19. Também é graduado e mestre em Educação Física pela UFPel, onde foi reitor na gestão 2017-2020. 

 

Transmitido ao vivo pelo canal da TV Olhos d'Água no Youtube, o evento reuniu em mesa virtual, além do reitor Evandro do Nascimento e do palestrante, a vice-reitora da Uefs, Amali Mussi; o coordenador executivo de programas e projetos da Secretaria de Educação do Estado da Bahia, Márcio Gomes, o reitor da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Fábio Josué dos Santos, e o vice-presidente do campus da instituição em Feira de Santana, Odair Vieira;  o diretor da Associação dos Docentes da Uefs (Adufs), Elson Moura e o diretor de imprensa do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Terceiro Grau do Estado da Bahia (Sintest) na Uefs, Luís Ricardo da Silva. O Diretório Central dos Estudantes (DCE) foi representado por Erik Camões.

 

A aula magna da Uefs pode ser assistida na íntegra pelo link:

https://www.youtube.com/watch?v=kZQi-XvYMAo

Assessoria de Comunicação Social da Uefs
© Todos os direitos reservados. 2014.
Email: infocultural@infocultural.com.br
Painel Administrativo