Museu Casa do Sertão promove festival com produções de cinema do sertão » Cinema » Entretenimento » Infocultural

Museu Casa do Sertão promove festival com produções de cinema do sertão

Cinema - 09/07/2020
Museu Casa do Sertão promove festival com produções de cinema do sertão Museu Casa do Sertão promove festival com produções de cinema do sertão

Festival de Cinema Sertão em Cena vai exibir ‘Bié dos Oito Baixos’, uma costura de imagens-textos ocorridas em território feirense, o ‘Samba de Bié’, no Centro de Abastecimento de Feira de Santana.


O Museu Casa do Sertão, entidade da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), convida o público a prestigiar as criações, ritmos e narrativas poéticas do universo cultural nordestino presentes nas produções audiovisuais do Festival de Cinema Sertão em Cena. Os vídeos serão exibidos sempre às quintas-feiras do mês de julho, às 15 horas, na página do Museu no Facebook, no seguinte endereço: https://www.facebook.com/museucasadosertao/

O projeto visa estimular a apreciação dos públicos (no plural entendendo a sua não uniformidade) a produções regionais que abordam, a partir de cenas, sequências e contextos, suas relações a enunciados históricos, sociais e as correntes artísticas e intelectuais. A proposta é de uma vigorosa pauta de discussões sobre as possibilidades e problematizações da produção audiovisual no interior baiano.

A iniciativa é justificada, no âmbito museológico, pela produção cinematográfica, também compreendida enquanto testemunho material da humanidade. Isso leva em consideração a natureza, uma amálgama das demais artes que lida de forma dinâmica, com aspectos representativos de tempo, espaços e ideias.

O Sertão em Cena estreia com a exibição da premiada ‘O Ouro de Muribeca’, dirigido por Talles Lins, curta metragem que foi gravado na Serra Azul do município de Uibaí, BA. O filme se baseia numa lenda, extraída do Manuscrito 512, documento de autoria desconhecida que integra o acervo da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, considerado um dos maiores mistérios da cultura brasileira. O dinâmico roteiro versa sobre a saga de Vadim e sua busca pela lenda do ouro por dois mundos, o do encantamento e o da dura realidade.

Em sequência será exibida a produção Quebra-Cabeça dirigida por Sandoval Dourado, que teve a participação de atores da região. Vencedor do Sétimo Encontro Nacional de Cinema e Vídeo dos Sertões (2012), o filme foi gravado na Rodagem, povoado de Lapã, BA, e retrata uma história de morte e vingança que vai se montando no decorrer da trama como um complexo recurso narrativo.

Centro de Abastecimento de Feira

O próximo da lista será a produção ‘Terra Crua’ com roteiro e direção de Benedito Dias, gravado em Lagoa Funda região de Barro Alto. O filme enfoca disputas de poder que envolvem a terra e a água no Alto Sertão Baiano. Com atores locais, a trama discorre sobre os sofrimentos da seca na lida campesina e alentos da inocência infantil.

O primeiro ciclo de exibições será finalizado com a obra ‘Bié dos Oito Baixos’ dirigido por Eduarda Gama e Uyatã Rayra. O filme conforma-se como o registro-acontecimento em que se detalham, de uma genuína ótica, uma costura de imagens-textos sobre emblemática manifestação cultural popular, ocorridas em território feirense, o ‘Samba de Bié’, no Centro de Abastecimento de Feira de Santana.

O roteiro enfoca a biografia de Francisco da Silva Sena (o Bié) e o notabiliza enquanto mobilizador cultural que perpassa por meio de improvisos instrumentais (sanfona de 8 baixos acompanhada de zabumba e triângulo) no Samba de Roda do ambiente da feira, além de sons, cenas e personagens que protagonizam icônicas performances. A produção traz à luz reflexões sobre cultura, mentalidades, silenciamento, micropoderes e seu trânsito nos círculos sociais.

Vale conferir o projeto Sertão em Cena e seus expedientes reflexivos sobre patrimônio cultural numa vinculação direta com o presente a partir das movimentações cênicas e nas discussões propostas sobre o protagonismo estético. Em meio as exibições ocorrerão duas lives, sendo uma 23 de julho com participação de Kaony Moreira, o artista e diretor de arte Sócrates Júnior e a graduanda em cinema pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Rainha Han. Em 30 de julho, encerrando a atividade, haverá a participação de Kaony Moreira Eduarda Gama e Uyatã Rayra.


Acompanhe através:

https://mcs.uefs.br/

Facebook: Museu casa do sertão – uefs

Instagram: @museu.casa.do.sertao

Contato email: museucasadosertao@uefs.br


Calendário de exibições:


DATA

OBRA

ENTREVISTA

LIVE


09 de julho

15h


O Ouro de Muribeca

( 21min: 22 s)

Ficha técnica Direção do filme: Talles Lins


Keli Carine N. Oliveira

Atriz e pedagoga ( UNEB)

# sobre a pesquisa do manuscrito 512


16 de julho

15h


Quebra Cabeça

( 12min: 33 s)


Ficha técnica Direção do curta: Sandoval Dourado


Charleandro Machado Artista plástico ( UFBA)


Texto em elaboração


23 de julho

15h


Terra Crua

( 56 min: 47s) *


Ficha técnica Direção do filme: Benedito Dias.


Adherrio-Laiss

Artista de audiovisual independente;

TEMA: “ A importância da produção audiovisual sobre o universo do sertão baiano( aqui abordaremos os três filmes o ouro de muribeca quebracabeça e terra crua) Sócrates júnior; artista e diretor de arte + Hélder Sousa; artista performático e estudante do curso de cinema da UFRB do recôncavo baiano

16:00 h às 17:00 h...


30 de Julho

15h


Bié dos Oito Baixos

( 16 min: 10s)


Ficha técnica Direção:


Eduarda Gama e Uyatã Rayra




Como proposta de atividade para o congresso virtual da UEFS

TEMA A ELABORAR

15:30 h às 16:30 h



Everaldo Goes - Museu Casa do Sertão
© Todos os direitos reservados. 2014.
Email: infocultural@infocultural.com.br
Painel Administrativo