Filme estrelado por Marjorie Estiano abre o XIII Panorama Internacional Coisa de Cinema » Cinema » Entretenimento » Infocultural

Filme estrelado por Marjorie Estiano abre o XIII Panorama Internacional Coisa de Cinema

Cinema - 13/10/2017
Filme estrelado por Marjorie Estiano abre o XIII Panorama Internacional Coisa de Cinema O filme é estrelado por Marjorie Estiano e Isabél Zuaa - Foto: Rui Pocas/Divulgação
Vencedor do Prêmio Especial do Júri do último Festival de Locarno (Suíça), um dos mais importantes do mundo do cinema, o longa As Boas Maneiras, de Juliana Rojas e Marco Dutra, será exibido na abertura XIII Panorama Internacional Coisa de Cinema. A sessão acontece dia 8 de novembro, no Espaço Itaú de Cinema Glauber Rocha, em horário da definir.

Estrelado por Marjorie Estiano e Isabél Zuaa, o filme é uma fábula de horror que revela a força do cinema de gênero no Brasil.

Marjorie interpreta Clara, uma gestante que contrata a enfermeira Clara (Isabél) como babá do bebê que está esperando. No entanto, uma noite de lua cheia provoca uma inesperada mudança de planos e Clara assume a maternidade de uma criança diferente das outras. O ator mirim Miguel Lobo interpreta o filho de Clara.

O XIII Panorama Internacional Coisa de Cinema acontece de 08 a 15 de novembro, em Salvador e Cachoeira. O festival conta com patrocínio da Petrobras e do Governo do Estado da Bahia, através do Fundo de Cultura.

O filme

As Boas Maneiras tem roteiro da dupla de diretores e foi filmado em São Paulo e Barueri. Com fotografia do português Rui Poças (O Ornitólogo, Tabu, Aquele Querido Mês de Agosto), montagem de Caetano Gotardo (diretor de O Que Se Move e montador de Trabalhar Cansa) e direção de arte de Fernando Zucollotto (Trabalhar Cansa e Trópico das Cabras). Guilherme e Gustavo Garbato (Quando Eu Era Vivo) assinam a direção musical do filme e são autores da trilha e das canções junto com Juliana e Marco.

O longa é uma produção de Sara Silveira e Maria Ionescu, da Dezenove Som e Imagens, com coprodução da Globo Filmes e das companhias francesas Urban Factory e Good Fortune Films.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=nCzjVQJst7k

Os diretores

Juliana Rojas e Marco Dutra se formaram em Cinema na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Os curtas da parceria incluem os premiados O Lençol Branco (Cinéfondation, Festival de Cannes 2005) e Um Ramo (Prêmio Descoberta de Melhor Curta – Semana da Crítica, Cannes 2007).

Seu primeiro longa-metragem, Trabalhar Cansa (2011), teve estreia mundial na prestigiada mostra Un Certain Regard do Festival de Cannes, recebeu o prêmio Citizen Kane em Sitges no mesmo ano e entrou em circuito comercial no Brasil, na França e nos EUA. Ela escreveu e dirigiu o musical Sinfonia da Necrópole (2014), que recebeu o Prêmio da Crítica em Gramado, o Prêmio FIPRESCI no Festival de Mar Del Plata e o Prêmio de Melhor Trilha Sonora no Festival de Paulínia.

Juliana trabalha ainda como roteirista de séries como Supermax (Rede Globo) e 3% - Segunda Temporada (Netflix). Os trabalhos seguintes de Marco incluem dois filmes produzidos pela RT Features: o suspense Quando eu era vivo (Festivais de Tiradentes, Roma e Beijing 2014) e o thriller Era el Cielo (2016), que venceu o Prêmio da Crítica em Gramado e competiu em Tóquio, Huelva e Havana antes de estrear mundialmente na Netflix. Ele finaliza atualmente a segunda temporada da série da HBO O Hipnotizador. Ambos trabalham também como montadores e compositores e fazem parte do coletivo Filmes do Caixote.

Quarta Via Comunicação
© Todos os direitos reservados. 2014.
Email: infocultural@infocultural.com.br
Painel Administrativo