Phantasia » Poesia » Cultura » Infocultural

Phantasia

Poesia - 20/01/2017

Bom-dia,para quem é de bom-dia.Será que vai chover em Feira de Santana?Bem,tempo nublado está.Vamos aguardar.
O poema de hoje é ...

P H A N T A S I A

Quero abrir a flor que esconde o teu ventre
antes que o silêncio a rompa
com a fúria do homem noturno.

Quero cantar em ti,o amor que não tive antes
com a eterna ânsia de minha boca.
Quero de ti,o amor sem luz ou abrigo,
que seja o lírio e que fale como a liberdade,
a nova flor do meu sangue.

Quero de ti,todos os sonhos que se vão
prontos para amanhecer e,assim,a vida andará
sobre os mesmos sonhos das noites que me beijam
a cabeça!...

 

Cezar Ubaldo

© Todos os direitos reservados. 2014.
Email: infocultural@infocultural.com.br
Painel Administrativo