TELEVISÃO – UMA ESCOLA DE VIOLÊNCIA » Sandro Penelú - Caneta Afiada » Infocultural
Sandro Penelú

TELEVISÃO – UMA ESCOLA DE VIOLÊNCIA

11/10/2018

Existe quase que uma unanimidade neste aspecto e, mesmo assim, continuam sendo exibidos filmes, desenhos e novelas com cenas de alta violência e em horários considerados livres para todos os públicos. Se alguém aí está duvidando, é só passar a observar os desenhos animados, os filmes e as novelas ao longo do dia...

*O RESULTADO NÃO PODERIA SER OUTRO – Ao longo dos anos, a semente do temperamento violento, espalhada pela televisão, vai gerando os seus frutos malditos: jovens agressivos (e isso desde cedo), adultos violentos, indivíduos que não nutrem o menor sentimento de respeito para com o próximo, pessoas que fazem de tudo para que os seus desejos sejam satisfeitos, passando por cima de todos, sem o menor escrúpulo. Seres gananciosos, que seguem vivendo escravos do dinheiro e de posição social. Enfim, um legado danoso, deixado por um aparelho (aparentemente inofensivo) que infesta os nossos lares, de forma lenta e progressiva.

*ESTÉTICA CORPORAL QUE PREJUDICA A MENTE - O corpo das modelos, comparado ao de uma mulher comum, chega a uma diferença de 23% a menos nas medidas. Isto acaba gerando uma espécie de padrão de beleza e seus efeitos são devastadores àqueles que estão em fase de formação e acabam se distanciando do que seria natural. O resultado é uma baixa autoestima crônica, que atinge adolescentes em todo o mundo. Os dados abaixo apontam o reflexo desse problema:
Dois terços das garotas abaixo dos 12 anos se consideram gordas.
Aos 13, 50% das garotas estão infelizes com sua aparência.
Aos 14, a insatisfação com a aparência se intensifica, principalmente com os quadris e as coxas.
Aos 17, apenas 3 a cada 10 garotas nunca fizeram uma dieta e 8 a cada 10 não estão felizes com o que veem no espelho.
A indústria da dieta ganha, com isso, bilhões por ano, nos quatro cantos do mundo...

*FILHA DE “CASAL” DE LÉSBICAS RECEBE PENSÃO DO “PAI” - Um tribunal do Kansas, nos Estados Unidos, obrigou um homem de 46 anos a pagar uma pensão a uma criança filha de um “casal” de lésbicas a quem doou sêmen. Nem mesmo um documento assinado no ato da doação que livrava o homem de quaisquer obrigações legais relacionadas com a parentalidade lhe valeu no tribunal.  A juíza considerou que o homem e o “casal” não cumpriram a lei estadual, que exigia a presença de um médico licenciado durante a inseminação artificial. Essa ausência anula o documento assinado e mantém todos os deveres do rapaz como pai e aí, já viu, haja pensão!

*ERROS DE PORTUGUÊS - Uma pesquisa realizada pela equipe de recrutamento e seleção de uma empresa especializada na colocação de estudantes no mercado de trabalho investigou os principais motivos de reprovação nas vagas de estágio e concluiu que erros de português são a principal razão. A pesquisa apontou que as falhas nos testes de língua portuguesa são o fator principal de reprovação nas entrevistas, com 36,8%.

*DEVE SER DO DETRAN – Num programa de rádio, no horário do meio-dia, nesta quinta, o Âncora estava anunciando alguns produtos de um de seus anunciantes, quando veio com essa: “Todo tipo de material e massa IPVA de primeira” (Cá, cá, cá, cá, cá, cá!)

Sandro Penelú